3 de março de 2015

ALARME DE EMERGÊNCIA NA SUÉCIA

Hoje, segunda-feira, às 15:00, aconteceu algo interessante. Várias sirenes começaram a tocar bem alto por quase 10 segundos. Isso se repetiu umas três ou quatro vezes. 
Já tinha ouvido falar dessa tal sirene, mas nunca tinha ouvido (e olha que acontece quatro vezes por ano). 


Pesquisei a respeito e isto foi o que achei sobre a sirene:
  • O sinal existe em vários países e tem relação direta com o Desastre de Seveso, que aconteceu na Itália em 1976. Após o desastre, todos os países da União Europeia são obrigados a ter dispositivos para avisar a população sobre perigos do tipo.
  • Na Suécia, além dos sinais de teste, que acontecem quatro vezes por ano (nas primeiras segundas-feiras de março, junho, setembro e dezembro, às 15:00), existem quatro tipos de sinal: 
    1. O primeiro é chamado de Alarme de Emergência, quando o governo considera haver perigo de guerra. Esse sinal tem duração de 30 segundos, 15 segundos de silêncio, e se repete durante cinco minutos.
    2. O segundo, "Alarme do Ar" (ou Alarme de Voo), acontece quando o governo ou as Forças Armadas consideram que o país será atacado a partir do ar, seja por aviões ou outros tipos de armas. São sinais curtos durante um minuto.
    3. O terceiro, sinal VMA (Aviso importante para o público), é soado quando há perigos relacionados a emissão de gases, fumaças tóxicas e outras coisas relacionadas. Ele dura sete segundos, tem 14 segundos de silêncio e se repete por, pelo menos, 2 minutos.
    4. E o quarto sinal, "sem perigo", é dado após o sinal VMA, para avisar à população que o perigo já passou. O sinal dura de 30 a 40 segundos.
  • Quando os testes são realizados, todas as estações de rádio apresentam os detalhes, um pouco antes de começarem e quando concluídos. 
  • O dispositivo utilizado para estes sinais são de ar comprimido, diferentemente da maioria dos outros países, os quais utilizam sirenes a motor. O motivo disso é que eles também funcionam durante uma falha de energia.
Google Images
  • O sinal é apelidado na Suécia de "Hesa Fredrik". "Hesa" quer dizer rouco em sueco e Fredrik o nome de um colunista sueco. O apelido foi inventado porque a primeira vez que o alarme foi testado, em 1931, soou rouco como o jornalista.
Fora das datas e horários do teste, o melhor a fazer é ficar em casa ou correr para o abrigo mais próximo. Fica esperto, maluco! 

Hej då! o/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por Victória Freitas

authorOi, Eu sou a Vic, autora do blog Morando na Suécia.
Quer saber mais?



♢ ♢ ♢

♢ ♢ ♢
Snapchat: stronglica

INSTAGRAM