23 de março de 2016

SNOWBOARD EM ROMME ALPIN

Foi a primeira vez que passei todo o inverno na Suécia ao invés de viajar para o Brasil. 

Durante quase todo o inverno eu fiquei sem sair, só dentro de casa, olhando a neve lá fora e com medo do frio intenso. Mas percebi que isso não estava me fazendo nada bem,
então eu queria muito fazer algo diferente, que me tirasse daquela deprê invernal.

Já fazia muito tempo que eu tinha aquela vontade enorme de andar de snowboard, mas aquilo só ficava na minha cabeça, nada de ir pra prática. Por mais que eu pensasse muito sobre sair e praticar algum esporte de inverno, eu só conseguia ter vontade, mas nunca que eu tomava a iniciativa de olhar preços e lugares.

Foi aí que um amigo decidiu criar um evento no Facebook convidando a galera pra andar de esqui/snowboard em Romme Alpin. Eu já tava com tanta vontade acumulada que, antes mesmo de conferir preço ou o que era preciso, eu já tava aceitando o convite!

E é aí que minha história dolorida começava...

ALGUMAS SEMANAS ANTES
O local já estava escolhido, seria em Romme Alpin. Agora seria hora de escolher se seria esqui ou snowboard e pesquisar um pouco a respeito de tudo antes da ida. Lembrei que já tinha visto um post a respeito do local e é aqui que eu quero indicar pra você que pensa em ir a Romme Alpin este post super completo do blog da Vânia, Diário de uma Teimosa: SNOWBOARD EM ROMME ALPIN. Lá tem todos os detalhes sobre como e onde pegar o ônibus, como comprar o ticket e até sobre como escolher o sapato e o que fazer quando chegar por lá. Por isso nem vou me aprofundar tanto aqui, mas só contar como foi minha experiência.

ESQUI OU SNOWBOARD?
Não adianta, sou uma pessoa de ir muito pelas ideias dos outros, mas quando eu coloco uma coisa na cabeça de verdade, eu vou contra os outros até o fim e me dou mal mesmo. Haha...


Todo mundo falou pra mim que como seria a minha primeira vez, seria melhor escolher o esqui, porque é mais fácil. Mas eu quis ser a espertona, a diferentona, a que andou de skate no Brasil por quase dez anos. E foi grudada nessa ideia de ter andado de skate por tanto tempo, que escolhi o snowboard, já que são similares. Já começou a ficar ruim quando eu percebi que alugar o snowboard era mais caro que esqui, mas isso não tirou a ideia de que eu seria melhor com o snowboard.

ROMME ALPIN
Com tudo escolhido e comprado, era dia de partir para Borlänge, onde fica a estação de ski. Acordamos bem cedo para pegar o ônibus, chegamos super animados, fomos atrás dos esquis e snowboards e aquele frio enorme na minha barriga já me fez perceber a merda que eu fiz. Hahaha


Esse lance de o snowboard ter que ficar grudado no pé é bem ruim, porque quando a gente tá no plano ainda, você tem que ficar com um pé só no snowboard e entortar o outro pra "caminhar". Já perdi logo a paciência e preferi carregar no braço mesmo.

Eu escolhi de primeira a segunda pista mais fácil que tinha por lá. Até que a primeira vez que eu desci eu fui bem, estava me sentindo segura e conseguindo controlar o snowboard, caí um pouco, mas nada demais.

Depois, não sei o que aconteceu, mas a partir da segunda descida eu mais caía do que ficava em pé, e eu fiquei bem insegura de virar o snowboard, o que era pior, já que era assim que eu deveria frear. Só que eu não conseguia mais, não sei o porquê! Pior ainda, eu caía e já ia com minhas mãos direto no chão ao invés de deixar cair com a bunda mesmo. O resultado foi meu pulso começar a doer e ficar inchado. Mas, não desisti. E cada descida eu ia ficando mais insegura e pior naquilo.

Paramos para o almoço e depois disso nem andei mais de tanta dor que eu sentia no braço. fiquei lá de boa observando os arredores e esperando dar 16h, que era quando o ônibus sairia.

Enfim, o que eu tenho pra dizer é que minha experiência com skate não ajudou em nada (não que eu tenha sido uma "nossa! que skatista profissa!", mas eu conseguia me equilibrar bem pelo menos. E digo mais, apesar de toda a dor, eu amei a experiência e já estou doida pra voltar (vai entender...), só falta a coragem de gastar tanto dinheiro pra cair de novo. Hahaha

Agora fique com este mini vídeo fuleiro:



Hej då! 

4 comentários:

  1. Qd vi a foto já pensei "acho q foi assim q ela passou a maior parte do dia na montanha, com a bunda na neve", UHAUHAUHUAUAHUA.
    Deve ser divertido :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha! Alexandre seu mala! É muito divertido! *_*

      Excluir

Por Victória Freitas

authorOi, Eu sou a Vic, autora do blog Morando na Suécia.
Quer saber mais?



♢ ♢ ♢

♢ ♢ ♢
Snapchat: stronglica

INSTAGRAM