20 de maio de 2016

O que é estranho para um brasileiro pode ser normal aos olhos de um sueco e vice versa. Mas, no fim das contas, não dá para definir o que é ser normal neste mundo com as peculiaridades e bizarrices de cada país; e imagine só quão monótono seria se todo mundo fosse igual...

Neste post eu separei alguns hábitos que vejo por aqui, que já foram ou ainda são de certa forma estranhos para mim. Com o tempo, até dá para acostumar com alguns deles, mas outros me fazem ter a impressão de que não teria me acostumado mesmo se tivesse vivido aqui por muito mais tempo.

1 . EVITANDO O VIZINHO 
Eu não acreditei quando uma amiga me disse que, antes de saírem de casa, muitos suecos que moram em apartamentos costumam olhar no olho mágico para conferir se os vizinhos estão no corredor. Depois de um tempo, eu mesma vi isso acontecer algumas vezes e, vamos combinar, esse medo de contato com vizinhos é um pouquinho estranho, não?


2 . SNUS 
O snus é um saquinho com tabaco que é colocado entre o lábio e a gengiva, muito popular entre a suecada pelo fato de poder ser usado em meios de transporte e em locais fechados, já que não sai fumaça como o cigarro. O que eu acho bem estranho é quando, ao conversar com um sueco que usa snus, ele abre a caixinha para colocar na boca (a cena não é das mais bonitas) e, pior ainda, quando é hora de tirar o snus usado pra colocar de volta na caixinha... Éca!

3 . ASSOANDO O NARIZ
Este é um dos hábitos que eu achava bem estranho no começo, mas acabei me acostumando e hoje eu também faço. Assoar o nariz em público, com um lenço de papel (claro!), em qualquer lugar, a qualquer hora e seja qual for a situação. O que eu ainda não faço é assoar o nariz enquanto estou almoçando com outra pessoa, mas muitos suecos parecem não se importar com isso...

4 . OBRIGADO OU POR FAVOR? 
Não é muito comum que suecos falem “por favor”. Ao invés disso, eles usam muito o “obrigado”. É agradecimento pra todos os lados, inclusive no lugar de “por favor”. Um exemplo é quando você vai comprar algo: ao invés de dizer “um chocolate, por favor?”, aqui se diz “um chocolate, obrigado?”.
Sem falar que é muito comum dizer "obrigado pela última vez", "obrigado por hoje"... 

5 . PEPINO E PIMENTÃO
Café da manhã na casa de um sueco ou com colegas na empresa? É bem provável encontrar na mesa rodelas de pimentão e de pepino. Alguém me disse que é assim em toda a Europa, mas eu ainda não consigo mastigar uma rodela de pimentão cru no meu café da manhã ou colocar rodelas de pepino no sanduíche.

6 . TODO MUNDO É "VOCÊ" 
Não importa a idade da pessoa com quem você está conversando, mesmo se ela for visivelmente 70 anos mais velha que você, não é comum (e talvez seja até falta de educação) se referir a esta pessoa como “senhor” ou “senhora”, esta pessoa também é geralmente tratada como “você”. Reforçando a ideia de que todo mundo é igual por aqui.

7 . CHURRASCO DE LEGUMES
E eis que vou a um churrasco sueco... Já pensei logo “será que vai rolar picanha?”... que nada! O que mais tinha no tal do churrasco era espetinho de legume assado na churrasqueira, alguns pacotinhos de doce e de batata chips. As carnes que normalmente usam no churrasco sueco é linguiça e hambúrguer. E cada um leva o seu!

8 . ÁGUA DO BANHEIRO 
Não é segredo pra ninguém que as pessoas na Suécia bebem água da torneira, até aí tudo tranquilo. O que eu nunca entendia era o motivo de ter copos no banheiro da minha escola. Até que descobri que era para beber água! Como assim? O banheiro é sujo... banheiro público então nem se fala, deve estar cheio de coliformes fecais por todos os lados. Não, não, não... Só se eu tiver com muita, mas muuuita sede mesmo!

9 . TODO MUNDO PELADO? 
Imagine só um fim de semana com o pessoal da sua empresa, incluindo o seu chefe, em um lugar diferente, com sauna e um lago bem bonito... um fim de semana cujo intuito é fazer reuniões a respeito do trabalho e, ao mesmo tempo, descansar e ficar amiguinho dos colegas. Até aí nenhuma novidade, mas não seria estranho se a bunda do seu chefe aparecesse bem na sua frente,  todo mundo que trabalha com você aparecesse pelado e você não soubesse pra onde olhar? Pois é. Não aconteceu comigo, mas uma amiga contou essa história e sei que é bem normal não se importar com a nudez por aqui. Inclusive, na hora da sauna, é todo mundo peladão!
O que já presenciei foram pessoas peladas no banheiro da academia e até na praia; trocando de roupa na frente de todo mundo ao redor.  

10 . UM BRINDE À TROCA DE OLHARES 
O brinde aqui na Suécia é bem diferente do brinde brasileiro. Ao invés do “tim tim” no meio da mesa com as taças/copos de todo mundo, aqui a gente deve levantar a taça e olhar nos olhos de cada um da mesa, mesmo se for um jantar com 50 pessoas! 

Estes foram os dez hábitos dos suecos mais estranhos para mim.
Com quantos desses hábitos você acha que se acostumaria? Responde aí nos comentários!

Beijos e hej då!

Compartilhe nas redes sociais usando os botões abaixo. 

11

Por Victória Freitas

authorOi, Eu sou a Vic, autora do blog Morando na Suécia.
Quer saber mais?



♢ ♢ ♢

♢ ♢ ♢
Snapchat: stronglica

INSTAGRAM